Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > AGEVISA > Notícias > Agevisa celebra Outubro Rosa e diz que campanha de conscientização deve valer para o ano inteiro

Notícias

Agevisa celebra Outubro Rosa e diz que campanha de conscientização deve valer para o ano inteiro

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária valeu-se da edição de quinta-feira (03) do Momento Agevisa para destacar o Movimento Outubro Rosa de combate ao câncer de mama como uma oportunidade especial de chamar a atenção das pessoas para a importância das ações preventivas na defesa da saúde da mulher, e também dos homens, que devem ser priorizadas durante o ano inteiro, e não somente em momentos pontuais e institucionais de um determinado período do ano.

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária valeu-se da edição de quinta-feira (03) do Momento Agevisa para destacar o Movimento Outubro Rosa de combate ao câncer de mama como uma oportunidade especial de chamar a atenção das pessoas para a importância das ações preventivas na defesa da saúde da mulher, e também dos homens, que devem ser priorizadas durante o ano inteiro, e não somente em momentos pontuais e institucionais de um determinado período do ano.

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para a importância do controle do câncer de mama que foi criado no início da década de 1990. Sua finalidade é propagar informações; estimular a prevenção; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, e contribuir para a redução dos índices de mortalidade relacionados à doença, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer.

O Inca é órgão do Ministério da Saúde que promove eventos técnicos, debates e apresentações sobre o tema e que produz recursos educativos para disseminar informações sobre fatores de proteção e detecção precoce do câncer de mama, assim como dos demais tipos de cânceres que atingem a humanidade.

Combate sistemático ao câncer – No informativo radiofônico que vai ao ar todas as quintas-feiras pela manhã, dentro da programação do Jornal Estadual da Rádio Tabajara (AM-1110 e FM-105.5), a Agevisa/PB explicou que, em nível de campanha institucional, a temática relacionada ao câncer de modo geral é destacada em 04 de fevereiro (data instituída pela Organização Mundial de Saúde como o Dia Mundial do Câncer), 15 de fevereiro (Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil), 08 de abril (Dia Mundial de Luta contra o Câncer), no Setembro Dourado de alerta sobre o câncer infanto-juvenil, e em 15 de setembro (Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas – tipo de câncer que atinge o sistema linfático).

O tema, conforme a Agevisa, também é destaque no Outubro Rosa de combate ao câncer de mama, no Novembro Azul de conscientização sobre a importância da prevenção do câncer de próstata, em 23 de novembro (Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-Juvenil), em 27 de novembro (Dia Internacional e Nacional de Combate ao Câncer e Dia Nacional de Luta contra o Câncer de Mama) e no Dezembro Laranja de prevenção ao câncer de pele.

Importância da detecção precoce – “Como podemos perceber, o câncer (seja de pele, de mama, de próstata ou de qualquer outro tipo) é uma doença grave que mata milhões de pessoas todos os anos em todo o mundo e que deve ser encarado como um problema de saúde cuja melhor arma é a detecção precoce, ou seja, a descoberta do problema quando ele ainda está no começo”, comentou a diretora-geral da Agevisa, Jória Viana Guerreiro.

 la observou que a Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba, na condição de órgão promotor e defensor da saúde das pessoas, dedicou a primeira edição do Momento Agevisa do mês de Outubro não somente ao início da Campanha Outubro Rosa, mas a todos os movimentos que defendam o cuidado preventivo com a saúde humana.

Controle de qualidade em radiodiagnóstico – Dentro das ações de promoção e proteção da saúde das pessoas desenvolvidas pela Agevisa/PB, destacam-se os cuidados constantes com o bom funcionamento dos serviços de radiodiagnóstico médico e odontológico em atividade no Estado como forma de garantir que exames como a mamografia, por exemplo, sejam realizados na mais perfeita normalidade possível, evitando-se, assim, a possibilidade de diagnósticos errados que possam comprometer a saúde e a própria vida das pessoas. O controle de qualidade desses serviços é de competência da Diretoria Técnica de Ciência e Tecnologia Médica e Correlatos da Agevisa, hoje representada pela diretora-técnica Helena Teixeira de Lima Barbosa.

Reuniões Técnicas – Desde o ano passado, Helena Lima vem realizando Reuniões Técnicas com dirigentes de empresas (entre clínicas, hospitais e consultórios odontológicos) que utilizam equipamentos de radiodiagnóstico para orientá-los sobre as exigências legais que norteiam suas atividades, com destaque para o controle de qualidade dos equipamentos, cujos testes só podem ser realizados, analisados e assinados por profissionais cadastrados junto à Agevisa.

A última Reunião Técnica foi realizada na região polarizada pelo município de Patos, no Alto Sertão paraibano, no dia 18 de setembro. A próxima acontecerá no dia 08 de outubro (terça-feira) em Campina Grande/PB.

Além das ações de sua competência legal, a Agevisa participa das atividades promovidas pelo Governo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES/PB), com o objetivo de reforçar a defesa da saúde da população em todo o território paraibano.

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional